move berlin 2011

............................................................................................................................................................................................................................... Escrito por: ...............................................................................................................................................................................................................................

Move Berlin | HAU 1: 7 / 8 de abril, 19.30 horas

Marcelo Evelin / Demolition Inc.
+ Núcleo Do Dirceu, Teresina

»Matadouro«

Estréia na Europa
Conversa com o público: 8 de abril, após a apresentação

“Matadouro” fecha a trilogia de Marcelo Evelin/Demolition Inc. iniciada com o espetáculo “Sertão”(Holanda-2003) e seguida por “Bull Dancing” (Brasil-2006). Para a construção de cada um dos três momentos deste trabalho, Marcelo Evelin tomou emprestado partes do romance “Os Sertões”, de Euclides da Cunha: a terra em “Sertão”, o homem em “Bull Dancing” e agora, a luta. A trilogia elabora-se em torno de questões relacionadas a uma identidade territorial e cultural deslocada e ao embate entre racionalidade X animalidade na vida do homem contemporâneo.

“Matadouro” investiga o corpo como metáfora de um campo de batalha em que a luta travada entre o oficial e o marginal, entre selvageria e civilidade, entre o território e o mundo globalizado, o lança no espaço subjetivo e intermediário do “entre”. Nem lá, nem cá, o indivíduo avança na tensão entre seguir e desistir. Vida em sua condição de precariedade. Vida que no corpo é “matável”. Vida que, sem eira nem beira, resiste e insiste.

“Matadouro” é composto por oito intérpretes que, através de uma ação contínua, incorporam a luta em seu estado limite e arrastam consigo o espaço entre a periferia do Dirceu, a favela da Maré, Auschwitz ou Canudos, acompanhados pelo Quinteto em Dó Maior de Franz Schubert.

Marcelo Evelin/Demolition Inc + Núcleo do Dirceu: Alexandre Santos, Andrez Lean Ghizze, Cipó Alvarenga, Fábio Crazy da Silva, Fagão, Izabelle Frota, Jaap Lindijer, Jacob Alves, Josh S., Layane Holanda, Marcelo Evelin, Regina Veloso, Sérgio Caddah, Silvia Soter

Marcelo Evelin é coreógrafo, pesquisador e intérprete. Vive e trabalha na Europa desde 1986, onde atua na área da dança e do teatro físico, tendo colaborado com profissionais de variadas linguagens, nacionalidades e experiências, em projetos também envolvendo música, vídeo, instalação e ocupação de espaços específicos. É criador residente do Hetveem Theater em Amsterdã com sua companhia Demolition Inc., e ensina improvisação e composição na Escola Superior de Mímica de Amsterdã-Holanda, onde também cria projetos e orienta estudantes em processos criativos. Orienta workshops e projetos colaborativos em vários países da Europa, Estados Unidos, África, América do Sul e Brasil, para onde retornou em 2006. Desde então vem atuando também como gestor e curador, além ter implantado e coordenar em Teresina-Piauí, o Núcleo do Dirceu, um coletivo de artistas independentes e plataforma de pesquisa e desenvolvimento das Artes Performáticas Contemporâneas. Seus últimos espetáculos, Bull Dancing (2006) e MONO (2008), tem sido mostrados em apresentações no Brasil e exterior.



Deixe uma resposta


8 − = 2